Depoimentos


Sr. São Paulo

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), droga é qualquer substância não produzida pelo organismo, que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento.
A lista de substâncias na Classificação Internacional de Doenças, 10ª revisão (CID-10), em seu capítulo V
(Transtornos mentais e comportamentais), inclui as seguintes substâncias:
Álcool;
Opioides (morfina, heroína, codeína e diversas substâncias sintéticas);
Canabinoides (maconha);
Sedativos ou hipnóticos (barbitúricos, benzodiazepínicos);
Cocaína;
Outros estimulantes (anfetaminas e substâncias relacionadas à cafeína);
Alucinógenos;
Tabaco;
Solventes voláteis.
Existe uma classificação que se baseia nas ações aparentes das drogas
sobre o Sistema Nervoso Central (SNC), conforme as modificações
observáveis na atividade mental ou no comportamento, sendo elas:

Sr. São Paulo

Causa diminuição da atividade global ou de certos sistemas específicos
do SNC, tendo como consequência a diminuição da atividade motora,
da reatividade à dor e da ansiedade. É comum um efeito euforizante
no início e, posteriormente, um aumento da sonolência.
São consideradas substâncias depressoras do SNC:
álcool, barbitúricos, benzodiazepínicos, opioides e solventes ou inalantes.
Os efeitos do uso de drogas depressoras da atividade mental incluem:
Desinibição do comportamento, diminuição crítica, descoordenação motora,
prejuízo das funções sensoriais, fala pastosa, dificuldade de marcha,
reflexos lentos, aumento de sonolência, diminuição da capacidade de
raciocínio e coordenação, sensação de calma, relaxamento, diminuição
da ansiedade, relaxamento muscular, contração pupilar importante,
efeito sedativo, torpor, diminuição da motilidade gastrointestinal,
coma e morte por parada respiratória.